Sugestão Club Design: The Fountainhead por Ayn Rand

A Nascente (The Fountainhead) é uma obra da escritora russo-americana Ayn Rand, publicada em 1943. Mais de 6 milhões de cópias foram vendidas no mundo inteiro.

Uma abordagem na pessoa moral ideal é manisfestada na representação de Howard Roark, um jovem arquiteto que não aceita submeter o seu trabalho às convenções do meio e está além do alcance da corrupção. É uma história da batalha por integridade e honestidade, contra a conformidade e prestígio.

Este livro é  um grande gerador de polêmica, pois alguns acreditam que ‘The Fountainhead’ seja a representação perfeita de tudo o que há de errado com a profissão.  Segundo a visão de Lance Hosey – diretor de sustentabilidade do escritório RTKL – , “Aqui está a mais popular – talvez a única popular – história – já escrita sobre um arquiteto, e nela o herói defende o seu direito de dinamitar um prédio, porque não foi feito do jeito que ele queria. “Eu o destruí porque não optei por deixá-lo existir”, declara Roark. Na melhor das hipóteses, isto é como uma criança fazendo birra e esmagando seus blocos de brinquedo. Na pior das hipóteses, é o terrorismo que aparece como a liberdade de expressão”.

Independente do seu posicionamento sobre a moralidade (ou falta dela) retratada neste livro, A Nascente (no original The Fountainhead), te força a pensar seriamente sobre a honestidade de nossas práticas e comunicar nossas crenças no que acreditamos ser importante neste mundo, através da arquitetura.

Fonte: Archdaily, Wikipedia.